Voltar
29/01/2018| Novo teste ao sangue pode identificar oito tipos de cancro

 



 

Uma nova esperança para a Oncologia, que os investigadores acreditam que vai salvar milhares de vidas e poderá estar disponível dentro de poucos anos.
O CancerSEEK é feito através de uma biópsia líquida que permite ter acesso ao material genético do cancro de uma forma não invasiva. Recorre-se às proteínas e às mutações genéticas que são libertadas na corrente sanguínea. O novo método, que já foi testado em mais de1.000 doentes, permite aos cientistas procurar mutações em 16 genes que estão associadas à presença de vários tipos de cancro e a oito proteínas que normalmente são libertadas no sangue pelos tumores malignos.
O novo teste conseguiu detetar cerca de 70% dos tumores nos ovários, fígado, estômago, pâncreas, esófago, cólon, pulmão e mama em estádio inicial, o que dá uma maior possibilidade ao doente de tratar a doença antes de se espalhar. Citado pela BBC, o Prof. Doutor Cristian Tomasetti, que integra a equipa da Faculdade de Medicina Johns Hopkins, disse que “esta área da deteção precoce é muito importante e estes resultados são muito excitantes”. “Penso que isto pode vir a ter um enorme impacto na taxa de mortalidade por cancro”, conclui.
Citado pelo jornal The Guardian, o Prof. Doutor Peter Gibbs, do Instituto Walter e Eliza, em Melbourne, que também trabalhou no desenvolvimento do CancerSEEK, revelou que a grande questão agora tem a ver com o custo deste novo método, que deverá ultrapassar os 800 euros, embora com o passar do tempo possa baixar. Já o Prof. Doutor Paul Pharoah, professor de epidemiologia do cancro na Universidade de Cambridge, diz que é necessário haver mais investigação para apurar a verdadeira eficácia desta análise sanguínea e explica porquê:
“Demonstrar que um teste consegue detetar cancros em estado avançado não significa que esse mesmo teste venha a ser útil na deteção de cancros precoces, muito menos de cancros pré-sintomáticos”.
http://www.myoncologia.pt/investiga%C3%A7%C3%A3o/757-novo-teste-ao-sangue-pode-identificar-oito-tipos-de-cancro.html

 

Fonte texto e imagem: News Farma

Voltar