Voltar
03/09/2018| Estudo revela possível relação entre a utilização de cigarros eletrónicos e o desenvolvimento de cancro

 



 

Segundo o mais recente estudo sobre os malefícios dos cigarros eletrónicos, estes são aparelhos que produzem químicos capazes de danificar o ADN, podendo, por essa razão, levar ao aparecimento de cancro. As conclusões são do Masonic Cancer Center da Universidade do Minnesota, nos Estados Unidos da América. Ainda assim, o próprio centro de investigação afirma que este trabalho, por si só, não é suficiente para provar que existe de facto uma relação de causa e efeito entre os cigarros eletrónicos e o cancro.
Metanal, acroleína e metilglioxal foram os químicos encontrados na saliva dos utilizadores deste tipo de dispositivos submetidos aos testes no centro de investigação. O resultado indicou que em quatro dos cinco participantes registaram-se mais danos no ADN da mucosa da boca, quando comparando com pessoas que não utilizam os cigarros eletrónicos.
“Não basta dizer que alguma coisa é boa só porque não é assim tão má”, refere a Dr.ª Silvia Balbo, investigadora envolvida no estudo, mesmo concordando com o facto de estes cigarros serem “mais seguros do que os normais”.
“Havia um químico alemão que dizia que tudo é potencialmente um veneno e que o segredo estava na quantidade. Não temos dúvidas de que há produtos químicos cancerígenos que as pessoas inalam quando utilizam estes cigarros, mas até que ponto estes químicos causam de facto cancro é algo que ainda não sabemos”, declara o Dr. Normal Edelman, da American Lung Association, à agência de notícias United Press Internacional, citado pelo Expresso.
De acordo com o especialista, é possível que só daqui a várias décadas seja possível saber com rigor se vaporizar aumenta ou não o risco de cancro.
Por agora, o Masonic Cancer Center planeia um novo estudo, desta vez com uma amostra mais significativa de participantes, voltando a comparar os níveis de ADN danificado em pessoas que utilizam os cigarros eletrónicos e os cigarros convencionais.
Fonte: Expresso
http://www.myoncologia.pt/internacional/973-estudo-revela-poss%C3%ADvel-rela%C3%A7%C3%A3o-entre-a-utiliza%C3%A7%C3%A3o-de-cigarros-eletr%C3%B3nicos-e-o-desenvolvimento-de-cancro.html

 

Fonte texto e imagem: News Farma

Voltar