Voltar
Alimentação na gravidez – que cuidados especiais ter?
A correta hidratação do corpo da grávida é fundamental para o bom desenvolvimento do feto, mas também para a saúde da mulher. Um dos aspetos que mais preocupa a mulher gestante é o risco de formação de estrias, resultante do natural aumento de volume da barriga, seios e coxas e que exige da pele uma maior elasticidade, conseguida através da sua hidratação. Se a aplicação de um bom creme gordo é a primeira medida considerada para obviar o aparecimento de estrias, a nutrição não deve ser descurada na sua função primordial de hidratação do corpo, muito menos na gravidez.

  • Beba água, nutra os tecidos do seu organismo e hidrate a sua pele. A água é um elemento essencial à vida, compõe cerca de 70% do corpo humano e é por isso que está no centro da nova Roda dos Alimentos. E se a gravidez é o começo da vida, a água é fundamental para a sustentar.
  • A quantidade de água a ingerir por dia não pode ser estabelecida num valor fixo. Depende de pessoa para pessoa, dos maiores ou menores níveis de transpiração – que varia, por exemplo, com as épocas do ano ou com a prática desportiva. Assim sendo, para a mulher grávida ou qualquer outra pessoa, a melhor medida de um aporte indicado de água resulta da verificação de que a urina se encontra incolor e inodora. Naturalmente, na mulher grávida, o aumento de peso poderá condicionar uma transpiração aumentada e a necessidade de reforçar a ingestão de água.
  • Coma sopas! É uma excelente forma de nutrir e hidratar o seu corpo. E a sua pele agradece.
  • Os alimentos hortofrutícolas são os mais ricos em água, pelo que o reforço do seu consumo é também uma medida de reforço da hidratação do corpo, o que se reflete na elasticidade da pele. Assegure-se que os legumes e frutas estão bem lavados.
Voltar