Os cosméticos têm impacto na pele?

Para entendermos melhor que os cosméticos podem ter um impacto grande na pele é preciso perceber que no envelhecimento há duas dinâmicas diferentes.

Os cosméticos têm impacto na pele?

“Sim. No entanto, para entendermos melhor que os cosméticos podem ter um impacto grande na pele é preciso perceber que no envelhecimento há duas dinâmicas diferentes. A primeira, que designamos por envelhecimento intrínseco, está relacionada com os nossos genes, e com o nosso relógio biológico. Todos os organismos têm um ciclo de vida, no qual têm uma fase em que crescem, estabilizam e depois reduzem a atividade, até que morrem. O ritmo desta evolução está programado no nosso ADN e todas as pessoas têm ritmos diferentes. A outra dinâmica está associada ao envelhecimento, que designamos por extrínseco, resulta do meio ambiente, em particular de fatores como exposição à radiação solar (que vai lesando as células), mas também a tabaco, poluentes e outros fatores externos que, estes sim, já podemos evitar. A ciência tem avançado imenso, quer ao nível de procedimentos de medicina estética e cirurgia plástica, quer a nível de cosméticos, que apresentam cada vez melhor performance, quer em retardar o aparecimento de sinais de envelhecimento, quer devolvendo à pele o aspeto que tinha há uns anos atrás. Já apelidados de “comecêuticos” refletem uma considerável investigação científica e resultados comprovados em laboratórios e em testes clínicos, atuando à superfície, mas com impacto em profundidade.”

Voltar ao início

Envelhecer é uma coisa má?

“As questões relacionadas com o envelhecimento, em particular a nível do rosto, são muito culturais. Mesmo ao longo da história, a capacidade do próprio percecionar as alterações que ocorrem ao nível da face, que é a zona do corpo que mais preocupa a maioria das pessoas, foi variando. Tendo em conta que os primeiros espelhos só surgiram no final da idade média, é fácil entender que antes disso só o envelhecimento alheio era facilmente percetível. É claro que havia a possibilidade de ver o reflexo na superfície da água de um poço, ou numa lâmina de cobre/prata, mas a qualidade da imagem era muito má. Os mais ricos podiam fazer-se retratar, mas os próprios pintores, por vezes, melhoravam muito o aspeto dos retratados. Tudo mudou com o aparecimento da fotografia. Mais ainda com o advento da fotografia digital e das redes sociais. Perdeu-se muito o controlo sobre a divulgação da própria imagem (alguém tira uma fotografia e minutos depois pode estar publicada no Facebook, sem que o próprio se aperceba). Os mass media também vão construindo um ideal de beleza standard e ter aspeto jovem é um critério imprescindível. Contudo, há culturas em que os sinais de envelhecimento até são desejáveis. Em algumas sociedades asiáticas, ser velho (leia-se ter um aspeto velho) transmite uma imagem de sageza, conhecimento e bom senso. Na realidade, só é mau envelhecer, se não o soubermos fazer.”

Voltar ao início

Se só for possível fazer uma coisa para retardar os efeitos do envelhecimento o que deveria ser?

“Eu diria evitar o mais possível a exposição ao sol e usar sempre um protetor solar. E, claro, manter a saúde da pele, através de cuidados de hidratação normais. Os cosméticos cada vez são mais eficazes, com substâncias ativas que têm ações mais abrangentes e um impacto mais profundo na pele, por exemplo, estimulando a produção de colagénio e combatendo o excesso de radicais livres. Cuidar das células da pele é importante, dá-lhes a possibilidade de se manterem íntegras. , funcionais e metabolicamente ativas num conjunto de processos que permitem manter a pele mais jovem durante mais tempo. Tal como nos edifícios, medidas preventivas e uma prevenção proactiva, mantêm a estrutura em bom estado e com aspeto novo.”

Voltar ao início

O que podemos esperar de um “bom” creme?

“Cada vez mais os cosméticos são compostos por substâncias com eficácia documentada. Aliás, em rigor, alguns deveriam chamar-se “cosmecêuticos, porque cruzam funções dos cosméticos (hidratação, proteção, limpeza), com aquilo que um creme anti-idade já tem para oferecer: neutralizar radicais livres, efeito antioxidante, repor níveis de vitaminas e já ter alguns ativos que criam efeitos de rejuvenescimento, como é o caso da capacidade de relaxamento da musculatura para efeito botox like ou uma ação hidratante muito intensa, que retém água e promove um efeito de preenchimento.”

Voltar ao início

Quais os principais fatores de envelhecimento da pele?

“Sem dúvida a exposição solar, uma hidratação deficiente, má nutrição, fumar ou estar exposto ao fumo do tabaco e a diversos poluentes.”

Voltar ao início