Hidrate a pele e previna as estrias na gravidez

A partir do 3.º mês de gestação, deve adotar cuidados especiais para prevenir o aparecimento das estrias

Como prevenir as estrias?

A partir do 3.º mês de gestação, deve adotar cuidados especiais para prevenir o aparecimento das estrias. Aqui ficam alguns conselhos:
  • Diariamente, de manhã e à noite, aplique na barriga, nos seios e nas coxas um creme nutritivo e emoliente que garanta o aumento da resistência e da elasticidade da pele, restituindo a sua capacidade de regeneração e retenção de água;
  • Apesar de ser perfeitamente natural aumentar de peso durante a gravidez, também é preciso manter o controlo para não engordar em excesso. O ideal é ganhar entre 9 a 12 quilos durante os 9 meses de gestação;
  • Fazer uma alimentação equilibrada também pode ajudar a prevenir as estrias. Os alimentos ricos em vitamina C (abacaxi, banana, batata, brócolos, couve, ervilhas, espinafre, kiwi, laranja, maçã, manga, tomate) estimulam a produção de colagénio. A vitamina A (presente no fígado, cenoura) também dá um importante contributo para prevenir a secura da pele. A vitamina E ajuda o organismo a otimizar a utilização da vitamina A, realça a hidratação da pele e previne os danos causados pelos raios UV. Os óleos vegetais – de amendoim, soja, palma, milho, girassol, etc. – e o gérmen de trigo são as principais fontes. Nozes, sementes, grãos inteiros, e vegetais de folhas verdes são fontes secundárias. No geral, deve privilegiar os frutos e legumes (desde que muito bem lavados) e evitar fritos, excesso de sal e doces;
  • Durante a gravidez, a mulher deve beber dois litros de água por dia. Também ajuda a manter a pele hidratada
  • Faça exercício físico regular e, claro, adequado à condição da grávida. O simples caminhar ajuda a manter a forma, ao mesmo tempo que melhora a circulação sanguínea e a oxigenação e nutrição das células da pele.

Voltar ao início

Estrias na gravidez – Porque aparecem?

A gravidez é um momento muito especial na vida da mulher, pleno de expectativas e grandes mudanças que se adivinham com a chegada do bebé.

Mas as alterações decorrentes da própria gravidez provocam também grandes mudanças no corpo da mulher, sendo as mais evidentes o aumento do peso e volume, sobretudo, na barriga, seios e coxas. Este aumento de peso e volume desafia os limites de elasticidade da pele e, quando esse limite é excedido, as fibras que a sustentam (a elastina e o colagénio) rompem e surgem então as estrias – “riscos” inestéticos que marcam definitivamente a pele.

A gravidez é um período em que a pele fica mais suscetível e sujeita a secura e irritações, devido à diminuição da capacidade de retenção de água. Se estiver seca, malnutrida e desidratada, as fibras da epiderme rompem-se mais facilmente e a probabilidade de aparecerem estrias é muito maior.

Voltar ao início