Voltar
12/06/2017| Estudo europeu alerta para a importância de criar um plano de revisão da polimedicação no idoso

O estudo foi desenvolvido ao longo dos últimos dois anos por uma equipa multidisciplinar.
Apesar de ser um grave problema nos idosos, Portugal não tem qualquer política para lidar com a polimedicação, ou seja, o uso de múltiplos medicamentos, desadequada. O neurocientista João Malva, coordenador da equipa portuguesa envolvida no projeto, revela que este problema já assume dimensões “preocupantes” e que a tendência é agravar-se nos próximos anos, tendo em conta que, em 2060, “Portugal será o país da União Europeia com o maior decréscimo de natalidade e maior aumento no número de idosos com doenças crónicas”.
O investigador da Universidade de Coimbra acrescenta que “cerca de 40% das pessoas que toma 5 ou mais medicamentos, não o faz de forma apropriada, e praticamente metade das hospitalizações que acontecem devido a medicação excessiva seriam evitáveis se existisse um plano de revisão da polifarmácia”. Quanto a exemplos de boas práticas nesta matéria, o Doutor João Malva destaca o Reino Unido, “em especial a Escócia e Irlanda do Norte” e a Suécia.
Deste estudo resultou também um Manual de Diagnóstico da Situação de Polimedicação no Idoso na Europa, dirigido aos profissionais de saúde e decisores políticos, onde são indicadas seis grandes recomendações para implementação de Programas de Revisão da Polifarmácia em todos os Estados-Membros da União Europeia.
O SIMPATHY, cujo objetivo foi estudar o impacto da polimedicação e da adesão à terapêutica na saúde da população mais idosa, foi desenvolvido ao longo dos últimos dois anos por uma equipa multidisciplinar, constituída por especialistas de 10 instituições. O estudo envolveu vários países europeus, nomeadamente Portugal, Espanha, Alemanha, Grécia, Itália, Reino Unido, Polónia e Suécia.
Pode consultar o estudo aqui. http://www.simpathy.eu/sites/default/files/Managing_polypharmacy2030-web.pdf
Leia a notícia em http://www.newsfarma.pt/noticias/5397-estudo-europeu-alerta-para-a-import%C3%A2ncia-de-criar-um-plano-de-revis%C3%A3o-da-polimedica%C3%A7%C3%A3o-no-idoso.html

 

Fonte Texto e Imagem: News Farma

Voltar