Voltar
08/01/2018| Este ano vai ser proibido vender fritos e doces nas cafetarias de hospitais

A medida, que deixa de fora as cantinas destas instituições, foi anunciada em despacho no final do passado mês de dezembro.
As alternativas a estes alimentos prejudiciais à saúde passam por iogurtes, leite, sumos de fruta, sopas e saladas. Para além disto, os bares e cafetarias das unidades de saúde públicas devem disponibilizar obrigatoriamente água potável gratuita e de garrafa. Após proibir a venda de alimentos com alto teor de açúcar, gordura e sal nas máquinas de venda automática das instituições de saúde, o governo restringe assim a venda destes produtos nas cafetarias e bares, deixando de fora apenas as cantinas das mesmas entidades.
"As medidas constantes do presente despacho devem ser acompanhadas por programas com o objetivo de informar e capacitar para escolhas alimentares mais saudáveis, promovendo-se o aumento da literacia alimentar e nutricional da população que frequenta os espaços de oferta alimentar do SNS, quer dos profissionais de saúde, quer dos utentes e dos seus acompanhantes", explica o documento.
Também dia 29 de dezembro, foi publicada em Diário da República a Estratégia Integrada para a Promoção da Alimentação Saudável (EIPAS), que pretende, entre outras medidas afastar os saleiros das mesas dos restaurantes, incentivar as empresas do setor agroalimentar a reduzir o tamanho das porções dos alimentos e bebidas pré-embalados e ainda promover a adoção de medidas pelos operadores económicos para limitar a publicidade destinada a menores de idade de produtos alimentares com excesso de sal, açúcar, gordura, nomeadamente trans, e energia em eventos em que participem menores, designadamente atividades desportivas, culturais e recreativas.
Notícia completa em http://www.mydiabetes.pt/sistema-de-sa%C3%BAde/659-este-ano-vai-ser-proibido-vender-fritos-e-doces-nas-cafetarias-de-hospitais.html

 

Fonte Texto e Imagem: News Farma

Voltar